Alimentos Ricos em Carboidratos: Amigos ou Vilões para Quem Deseja Emagrecer?

Alimentos ricos em carboidratos. Bons ou ruins para a sua dieta? Aliados ou inimigos? Qual a melhor forma de se posicionar diante deles?

Imagino que você já teve essa dúvida. Com tantas informações controversas na Internet eu sei exatamente como isso se parece para você. Eu já passei por isso de 2009 a 2014 quando procurava por formas de emagrecer. Em meio a um mar de informações lá estava eu testando técnica a técnica… Suplementos para emagrecer, termogênicos, dieta X, dieta Y. E olha que levei um tempinho para descobrir as informações corretas. Com isso, eu desisti várias vezes – o que me fez engordar até os 93 Kg! Então, é realmente perigoso testar qualquer coisa para emagrecer.
Mas fique tranquila(o) que neste artigo falaremos sobre os alimentos ricos em carboidratos. Falaremos especificamente sobre:

  • O que são os alimentos ricos em carboidratos e como se classificam?
  • Como usar os alimentos ricos em carboidratos para ganhar massa muscular?
  • Quais são os alimentos ricos em carboidratos?
  • Alimentos Ricos em carboidratos: vilões ou mocinhos no emagrecimento?

 

alimentos ricos em carboidratos

O que são os alimentos ricos em carboidratos e como se classificam?

Os alimentos ricos em carboidratos são importantes fontes de energia para o nosso corpo. No entanto, o excesso deles na alimentação pode levar você a engordar.

Eles se dividem basicamente em dois tipos:

  • Carboidratos simples: são considerados os alimentos mais doces e incluem o açúcar refinado, pão francês, mel, geléia de frutas, arroz branco, macarrão, refrigerantes, biscoitos, doces, dentre outros. Este tipo de alimento é rapidamente digerido e absorvido pelo próprio organismo, não produzindo saciedade e causando a sensação de fome. Assim, são alimentos de alto índice glicêmico porque o açúcar contido neles segue rapidamente para a corrente sanguínea, causando picos de insulina e impedindo que você emagreça! Por essa razão, estes alimentos sequer são recomendados para os diabéticos.
  • Carboidratos complexos: são considerados os alimentos menos doces e incluem cereais integrais, lentilhas, grão de bico, cenoura, dentre outros. Estes possuem uma digestão mais lenta e promovem uma saciedade por um período maior. O açúcar chega na corrente sanguínea de forma mais lenta e gradual. Assim, a energia é fornecida de forma mais lenta para o organismo.

Dito isso, será que os alimentos ricos em carboidratos podem ser úteis para o ganho de massa muscular? É o que veremos a seguir.

alimentos ricos em carboidratos

Como usar os alimentos ricos em carboidratos para ganhar massa muscular?

Se você malha pesado e quer o desenvolvimento de bons músculos, os carboidratos podem ser aliados neste processo.

Caso treine após o café da manhã ou do almoço, descanse tempo suficiente antes de começar a se exercitar.

Não faça refeições pesadas antes do treino. É possível alcançar um bom gás durante o treino ao tomar, por exemplo, um suco de laranja trinta minutos antes de treinar e logo após o treino, o que pode melhorar e muito o seu desempenho o crescimento muscular!

Após o treino é interessante também o consumo de alguma proteína que poderá ajudar na hipertrofia muscular.

alimentos ricos em carboidratos

Quais são os alimentos ricos em carboidratos?

É interessante dividirmos os carboidratos em dois tipos: os carboidratos “bons” ou “maus”. Enquanto os primeiros são encontrados na forma natural, são ricos em fibra e apresentam uma boa densidade nutricional, os últimos são os industrializados, possuindo menos fibras e, por conseguinte, menor densidade nutricional.

Por isso, os alimentos ricos em carboidratos naturais e orgânicos são recomendáveis para quem deseja emagrecer.

Vale lembrar que alimentos com mais fibra tornam a dieta mais fácil porque diminui o apetite e a compulsão alimentar.

Alimentos ricos em carboidratos saudáveis

Estes são os carboidratos saudáveis que você deve consumir moderadamente:

  • Vegetais: Todos eles possuem carboidratos, fibras e vários nutrientes importantes. O alho, aipo, beterraba, couve, couve de bruxelas, brócolis, couve flor, tomate, cenouras, cebola, pimenta, espargos, pepino, cebola, cogumelos, rabanetes, e muitos outros.
  • Frutas: tais como maçãs, bananas, laranjas, mirtilos, toranja, melancia, pêssegos, etc.
  • Grãos: tais como lentilhas, ervilhas, feijão, etc.
  • Sementes e nozes. Nozes, amêndoas, castanha do Pará, avelã, sementes de chia, sementes de abóbora, etc.
  • Grãos integrais. Aveia, quinoa, grãos de bico, arroz integral, trigo sarraceno, etc.
  • Tubérculos. Batatas, batata doce, inhame, etc.

Alimentos ricos em carboidratos a evitar

 

Abaixo eu apresento os carboidratos responsáveis pela obesidade e diabetes tipo 2. Se você quer emagrecer, evite com todas as forças estes “alimentos”:

  • Refrigerantes e sucos de fruta. Coca cola, chá gelado e todas as bebidas açucaradas. Os sucos de fruta são tão prejudiciais como os refrigerantes.
  • Pão. A maioria dos pães é feita de carboidratos refinados com pouco valor nutricional. Da mesma forma, o pão integral também tem quase a mesma quantidade de calorias e nutrientes.
  • Bolos, massas, biscoitos e bolachas são recheados de açúcar e farinha de trigo refinada.
  • Sorvete, doces e chocolate contém muito açúcar. Procure por chocolate com 85% de cacau.
  • Batata frita e salgadinhos. A batata cozida é saudável, mas as fritas não.

Isso nos leva ao próximo tópico.

alimentos ricos em carboidratos

Alimentos ricos em carboidratos: vilões ou mocinhos no emagrecimento?

Como vimos, nem todos os alimentos ricos em carboidratos são perigosos para quem deseja emagrecer. Alguns, inclusive, são os mais saudáveis do que outros. Importante salientar que em uma dieta low carb, isto é, com baixo carboidrato, estes devem ser ingeridos com moderação. No entanto, vale lembrar também que eles são essenciais para o aumento da massa muscular.

A dieta low carb é recomendada especialmente para pessoas que tenham insensibilidade a insulina, síndrome metabólica, excesso de peso, obesidade ou diabetes tipo 2. Diminuir da ingestão de carboidratos é um passo essencial para perder barriga e gordura abdominal… Mas não é necessário remover todos os carboidratos.

Os bons nutricionistas e treinadores concordam que o fundamento de qualquer perda de peso está no balanço energético que pode ser sintetizado nestes três pontos:

  1. Uma dieta rica em proteínas faz bem à saúde.
  2.  Se você ingere mais calorias do que você gasta, vai aumentar de peso.
  3. Se você ingerir menos calorias do que você gasta, vai emagrecer.

Estes três pontos estão provados por centenas de estudos científicos, ao longo demais de um século. Não há estudos bem construídos que provem o contrário.

É possível extrair de tudo isso que a quantidade de alimentos ricos em carboidratos em sua dieta vai depender dos seus objetivos. Assim, uma pessoa ativa que faz exercícios físicos e possui uma boa saúde provavelmente vai se adequar melhor e terá melhor proveito em seus treinos com uma dieta com carboidratos complexos, permitindo trincar o abdomên, ganhar massa muscular e atingir a definição corporal mais rapidamente.

alimentos ricos em carboidratos

Recapitulando…

  1. Os carboidratos são fontes de energia para o nosso corpo. Podem ser divididos em carboidratos simples (rápida assimilação) e complexos. (assimilação mais lenta).
  2. Os carboidratos podem ser bons aliados no ganho de massa muscular e definição corporal. Assim, ele pode ajudar você no seu processo de hipertrofia.
  3. Prefira refeições leves antes e depois do treino. Antes do treino, um suco de fruta poderá turbinar os seus desempenhos. Após o treino, um suco com uma fonte de proteína pode ser a escolha ideal para construção dos seus músculos.
  4. Prefira os carboidratos naturais e orgânicos em detrimento dos industrializados. A principal diferença está na densidade nutricional e na quantidade de fibra existente.
  5. Dentre os carboidratos saudáveis podemos citar todos os vegetais, frutas, grãos, sementes, nozes, grãos integrais e tubérculos.
  6. Dentre os carboidratos que você deve evitar citamos os refrigerantes e sucos de fruta, pães, bolos, massas, biscoitos, bolachas, sorvete, doces, chocolates, batata frita e salgadinhos.
  7. A culpa da obesidade hoje reside no excesso de alimentos ricos em carboidratos consumidos pelas pessoas.
  8. Nem todo carboidrato é prejudicial para quem quer emagrecer. Alguns, inclusive, são mais saudáveis do que outros.
  9. A dieta low carb é recomendada especialmente para pessoas que tenham insensibilidade a insulina, síndrome metabólica, excesso de peso, obesidade ou diabetes tipo 2.
  10. Diminuir da ingestão de carboidratos é um passo essencial para perder barriga e gordura abdominal… Mas não é necessário remover todos os carboidratos.
  11. Os bons nutricionistas e treinadores concordam que o fundamento de qualquer perda de peso está no balanço energético provado por centenas de estudos científicos, ao longo demais de um século.
  12. É possível extrair de tudo isso que a quantidade de alimentos ricos em carboidratos em sua dieta vai depender dos seus objetivos. Assim, uma pessoa ativa que faz exercícios físicos e possui uma boa saúde provavelmente vai se adequar melhor e terá melhor proveito em seus treinos com uma dieta com carboidratos complexos, permitindo trincar o abdomên, ganhar massa muscular e atingir a definição corporal mais rapidamente.

Se você gostou deste conteúdo, por favor, deixe seu comentário ou sugestão. Adoro ler comentários e, com certeza, o seu poderá me ajudar a elaborar conteúdos cada vez melhores e personalizados!

Você pode se livrar do incômodo causado pelo excesso de gordurinhas, parar de ver o ponteiro da balança apenas subir e perder roupas, nunca mais tomar suplementos e remédios para emagrecer…

Baixe o CheckList para aprender a Eliminar de 2 a 9 Kg em até 15 Dias!

Vou ficando por aqui,

Um grande abraço,

Saudações,

Robson Rachid.

 

robsonrachid on Emailrobsonrachid on Facebookrobsonrachid on Linkedinrobsonrachid on Youtube
robsonrachid
Coach de Emagrecimento

Robson Rachid é funcionário público, coach formado pela Associação Brasileira de Coaching, atualizado com técnicas de Programação Neurolinguística aplicadas ao emagrecimento, apaixonado pelos assuntos de motivação, ensino, bem estar, dietas e definição corporal. Sua história inclui um fantástico emagrecimento de 28 Kg! Desde então compartilha e vem motivando e ensinando homens e mulheres a conquistarem seus objetivos através de uma rota de sucesso capaz de fazer que qualquer coisa desejada aconteça em um prazo real estipulado!

Deixe uma resposta